19/05/2021 07h30

A mezzo soprano chama a família para cantar e distribuir informes nas igrejas.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é 1-1.png

Mesmo em resguardo de cirurgia nos olhos, a gaúcha Cilsa Costa aceitou falar sobre sua atividade IDE-GO em terras gaúchas.

Jael Eneas, Assessoria de Comunicação.

IDE-GO News – Por que você fala e canta de seu Rio Grande do Sul?

Cilsa Costa – Tem uma música que diz assim:

 “É o meu Rio Grande do Sul

céu, sol, sul, terra e cor!

Onde tudo o que se planta cresce

E o que mais floresce é o amor.”

Como nasci e me criei no sul amo e gosto muito. É um amor diferente!

Acho que cada pessoa que nasce no seu lugar gosta da sua cidade.

IDE-GO News – Captar doadores para manter obreiros bíblicos nativos. Como você usa o canto para isto?

Cilsa Costa – Com a pandemia, reunimos alguns irmãos da igreja, alguns familiares, pessoas mais chegadas e saímos a cantar hinos nas casas, nos lares, onde distribuo os folhetos.

IDE-GO News – Qual seu pedido de oração?

Cilsa Costa – Meu pedido especial é por meu primo Julião. Está uns quarenta e poucos dias hospitalizado com sequelas do COVID. Pedimos que Deus faça o melhor por ele e que Sua vontade prevaleça, não a nossa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *